Feira de saúde da Maré acontece na Nova Holanda (setembro/2015)

Publicado originalmente no site do jornal O Cidadão

Obs.: Neste dia, esta não era exatamente a minha pauta. Fui à Maré cobrir a Parada LGBT, mas descobri que não ia mais acontecer. Mas estava acontecendo essa feira, então fiquei por lá. Fiz amizade com os funcionários de uma das unidades de saúde e ainda consegui carona pra casa. Nesse dia eu aprendi que as pessoas não podem ver uma fila de tirar pressão que logo entram na fila, elas simplesmente adoram.

 

Equipes de Centros Municipais de Saúde e da Clínica da família se instalaram na rua Teixeira Ribeiro

Carolina Vaz

No último domingo, 06, a Nova Holanda recebeu a feira anual de saúde da Maré. Foram montadas barracas de três Centros Municipais de Saúde (CMS) da Maré e da Clínica da Família.

A equipe do CMS Augusto Boal dava instruções sobre tuberculose. Agentes de saúde e da equipe de enfermagem do Samora Machel falavam sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST) e faziam a distribuição de preservativos. E a equipe da Nova Holanda entregava kits de saúde bucal e dava explicações sobre escovação, e também oferecia camisinhas e lubrificantes. Uma senhora se aproximou e aproveitou para pegar o kit de saúde bucal e as camisinhas, explicando: “Vou levar para meus filhos. Lá são dois”.

feira-de-saude-1.jpg

As informações sobre doenças estavam também em panfletos e banners. Foto: Carolina Vaz

Segundo uma funcionária do CMS da Nova Holanda, aparecem lá muitos casos de HPV, sífilis e hepatite. Outro serviço oferecido na feira, pela equipe da Clínica da Família, era a aferição de pressão, e atraiu muitos que passavam pela rua. Kátia Silene, moradora da Nova Holanda, andava pela rua e aproveitou para medir a pressão. Foi a primeira vez que viu a feira, e gostou, mas achou pouco: “Teria que ter mais coisa, (medição de) glicose…”

feira-de-saude-2

Equipes passaram toda a manhã de domino na rua Teixeira Ribeiro. Foto: Carolina Vaz

Também havia na feira uma barraca de jovens da Anistia Internacional, divulgando a campanha Jovem Negro Vivo, e da Associação Luta pela Paz, que desenvolve crianças e jovens através do boxe e das lutas marciais.

O evento da feira, além de acontecer todo ano, desta vez fez parte da programação da Semana da Diversidade Sexual da Maré, iniciada no dia 03.

feira-de-saude-3
Andreza Dionisio (à esquerda) e Fernanda França (à direita), voluntárias da Anistia Internacional, coletavam assinaturas para a campanha Jovem Negro Vivo. Foto: Carolina Vaz

Atendimento rotineiro

Se você perdeu a feira de saúde, não se preocupe: os Centros Municipais de Saúde (CMS) distribuem gratuitamente os kits de saúde bucal, preservativos e lubrificantes. Também fazem testes rápidos de sífilis, hepatite B e C e HIV (vírus da AIDS). Em caso de sífilis, há medicação imediata, inclusive para parceiro caso a portadora seja gestante.

No caso de hepatite e de HIV, a pessoa é encaminhada para infectologista e são necessários alguns exames. A medicação será oferecida pelo CMS.

Serviço – Luta pela Paz

Nova Holanda (sede)

Rua Teixeira Ribeiro, 900

(21) 3104-4115

Marcílio Dias

Travessa 13 de Maio, 3 (próxima à Igreja)

(21) 2584-4915

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s